Domingo, 26 Maio

Roraima foi o quarto estado da Amazônia que mais desmatou no primeiro trimestre de 2023. A derrubada passou de 13 km² em março de 2022 para 28 km² em 2023, uma alta de 115%. Os dados são do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), divulgados pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) nesta quinta-feira (20).

Quem lidera o ranking é o Amazonas, com uma devastação de 104 km², seguido do Pará (91 km²) e Mato Grosso (86 km²) (confira o ranking completo abaixo). No total, oito dos nove estados que compõem a Amazônia Legal apresentaram aumento no desmatamento, com exceção do Amapá.

Em Roraima, o município que mais desmatou no estado foi Caracaraí (8 km²). Além disso, o estado teve quatro das 10 terras indígenas mais desmatadas na Amazônia em março, incluindo a Yanomami, localizada entre as divisas de Roraima e do Amazonas.

“A volta do desmatamento na terra indígena Yanomami e o avanço da destruição em outros territórios dos povos originários de Roraima indicam a necessidade de ações permanentes de combate ao desmatamento nas áreas protegidas do estado. Além disso, precisamos acabar com a impunidade aos desmatadores ilegais”, comenta Raíssa Ferreira, pesquisadora do Imazon.

Também sofreram com o avanço do desmatamento as terras indígenas São Marcos, Raposa Serra do Sol e Santa Inês. O SAD é uma ferramenta de monitoramento da Amazônia Legal baseada em imagens de satélites, desenvolvida pelo Imazon em 2008, para reportar mensalmente o ritmo da degradação florestal e do desmatamento na região.

O levantamento apontou ainda que a devastação da floresta amazônica triplicou em março e fez o primeiro trimestre de 2023 fechar com a segunda maior área desmatada em pelo menos 16 anos. Segundo o monitoramento por imagens de satélite do Imazon, foram derrubados 867 km² nos três primeiros meses deste ano.

A área equivale a perda de quase mil campos de futebol por dia de mata nativa. Essa destruição só não foi maior do que a registrada em 2021, quando foram postos abaixo 1.185 km² de floresta de janeiro a março.

Desmatamento na Amazônia no primeiro trimestre de 2023km ²1041049191868628282222993311AmazonasParáMato GrossoRoraimaRondôniaMaranhãoAcreTocantins0100255075125

Amazonas
104

Fonte: Imazon