Terça-feira, 28 Maio

O deputado federal Lindbergh Farias (PT-RJ) revelou há pouco em entrevista no Congresso que o presidente Lula havia pedido as imagens da invasão do Palácio do Planalto por terroristas no dia 8 de janeiro para o general Gonçalves Dias e que ele havia lhe dito que elas teriam sido danificadas. “Houve quebra de confiança total”, disse o deputado.

O pedido de demissão de Gonçalves Dias teria relação com este contexto. Ainda em janeiro o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) havia colocado as mesmas imagens em sigilo de cinco anos.

Lula é amigo de Gonçalves Dias que atualmente está na reserva.

Dias já foi Secretário de Segurança da Presidência da República do governo Lula e chefe da Coordenadoria de Segurança Institucional da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Lindbergh também afirmou na mesma entrevista que o governo vai criar a CPI do dia 8/1 e que não tem medo de investigar os atos terroristas. “Eles vão dar um tiro no pé. Vai ter deputado bolsonarista que vai sair preso daqui no final. Eles financiaram esses atos”, afirmou.

Assista

Fonte: Fórum