Terça-feira, 28 Maio

Presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o deputado estadual Roberto Cidade (UB), parabenizou a Zona Franca de Manaus (ZFM) e a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), que completam nesta terça-feira, dia 28, 56 anos de existência.
“Esse modelo proporciona ao nosso Estado uma economia forte, pujante, que ajuda a preservar a nossa biodiversidade e contribui com a sociedade na geração de emprego, renda e oportunidades. Esta Casa Legislativa já demonstrou que possui mulheres e homens comprometidos e que farão todo possível para fortalecer nossa economia e proteger nossos empregos. A Zona Franca é a principal matriz econômica do nosso Estado, contribui para manter a nossa floresta em pé e com o desenvolvimento do interior. Temos muitos fundos que são arrecadados pelas empresas da ZFM que ajudam a dar mais robustez ao Governo do Amazonas, através da arrecadação de impostos que permitem a continuidade de grandes projetos”, falou.
O deputado falou ainda sobre a responsabilidade que todos que assumem cargos públicos precisam ter quanto à proteção da competitividade da ZFM, que gera mais de 500 mil empregos diretos e indiretos, e mantém 97% da floresta preservada. E, além disso, propôs maior e melhor divulgação para o restante do Brasil sobre a importância do modelo Zona Franca para as áreas econômica, social e ambiental da região Norte.
“Todos que chegam às Casas Legislativas, ao Executivo e aos demais poderes constituídos precisam ter um olhar diferenciado sobre a ZFM, que já enfrentou batalhas políticas e brigas jurídicas. A Zona Franca é um modelo exitoso, que está na nossa história. Todos nós queremos ter uma outra matriz econômica, mas não podemos de forma alguma abrir mão da Zona Franca. Temos que fazer o Brasil conhecer e reconhecer a importância da ZFM. Fazer com que o restante do país olhe a Zona Franca como um modelo que beneficia o país como um todo e esse deve ser um esforço conjunto, do Executivo, Legislativo e do cidadão que quer ver o Amazonas crescendo, prosperando. Parabéns para a Zona Franca. Ela é do estado do Amazonas, ela é do Brasil”, disse.
Responsável por um dos maiores PIBs da indústria brasileira, a ZFM fabrica produtos que fazem parte do dia a dia de todos os brasileiros, tais como tablets, smartphones, videogames, televisores, notebooks, semicondutores, motocicletas, canetas esferográficas e barbeadores, entre outros. Cerca de 95% da produção do PIM é destinada a abastecer o mercado nacional. Em 5 de agosto de 2014, o modelo foi prorrogado por mais 50 anos, até 2073