Domingo, 26 Maio

Dielles Júnior da Silva, de 36 anos, está internado no Hospital Geral de Roraima com a perna quebrada após um acidente de trabalho. O paciente aguarda há mais de dez dias pela cirurgia que não há previsão para realização.

Os familiares se mobilizaram para conseguir doadores de sangue para o paciente, pois só com o número de bolsas, é possível realizar a cirurgia. 

“Quando chegamos aqui no HGR, eles informaram que não podiam realizar a cirurgia do meu filho porque não tinha sangue. Então, estamos chamando várias pessoas de diversos municípios que vão vir até de van para doar o sangue exclusivamente para ele”, disse Ana Leão. 

A mãe informou que apesar do número elevado de doadores, os médicos continuam informando que não é possível realizar a cirurgia por falta de doação. “Não tem mais como usar isso como desculpa, são várias pessoas doando e esse sangue não chega até ele? Qual é o problema que está acontecendo? Quantas bolsas de sangue eu ainda tenho que conseguir para o meu filho?”, explicou.

O paciente que segue internado, está nervoso a cada dia, pois apesar das ações da família não há previsão da realização da cirurgia.

A equipe de reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), questionando sobre a situação do paciente. Até o fechamento da matéria não houve retorno.