Terça-feira, 28 Maio

A prefeitura de Caapiranga, município localizado a 134 quilômetros de Manaus, pretende gastar R$ 4.493.650,00 (quatro milhões, quatrocentos e noventa e três mil, seiscentos e cinquenta reais) em contratação de empresas para o fornecimento de combustíveis, derivados de petróleo e gás de cozinha (GLP).

O Registro de Preços nº 016/2023 foi vencido por duas empresas de Manacapuru dividindo os itens com valores milionários. A primeira com o menor valor é a empresa A.C Fernandes Neto e Comércio de Combustível pretende fornecer os itens 1 (gasolina), 4 (óleo lubrificante) e 7 (óleo lubrificantes SAE em 40 baldes de 20 litros).

A segunda empresa com o valor mais alto R$ 2.918.650,00 (dois milhões, novecentos e dezoito mil, seiscentos e cinquenta reais), é a 2 Unidos Comércio e Transporte de Derivados de Petróleo Ltda para fornecer gás de cozinha e derivados de petróleo com os itens 2, 3, 5, 6, 8, 9, 10 e 11.

O extrato de registro de preço foi assinado pelo prefeito de Caapiranga Francisco Andrade Braz na última quarta-feira (12) e divulgado na edição desta segunda-feira (17) do Diário Oficial dos Municípios do Amazonas.