Terça-feira, 28 Maio

Após uma gestão frente a Secretaria de Educação de Roraima que foi marcada por manifestações indígenas, Leila Perussolo, cunhada do governador Antonio Denarium, assume o Instituto de Educação de Roraima (IERR). 

Leila quando estava à frente da Educação do Estado foi duramente criticada pelo abandono das unidades escolares, mas principalmente, pela falta de assistência aos indígenas que buscavam uma conversa com a pasta.

De acordo com o grupo de manifestantes, a educação escolar indígena nas escolas estava abandonada, principalmente a situação das reformas, construções de escolas e entrega de materiais que não chegavam nas comunidades. 

A cunhada de Denarium administrou a Secretaria Estadual de Educação entre janeiro de 2019 a abril de 2022, estando no cargo por quase quatro anos. Nesse período, as escolas foram fechadas e uma única reforma custou mais de R$ 4 milhões, sendo o prédio da sede que abrigou durante anos a memória Histórica de Roraima.

Em março de 2019, o Ministério Público do Estado (MPE-RR) moveu uma ação civil pública para obrigar o Governo de Roraima a reconhecer o valor histórico cultural e arquitetônico do prédio, pedindo medidas administrativas legais para garantir soluções de conservação de natureza técnica e científica para restauração do patrimônio histórico e cultural.

Após quase um ano fora de um dos setores mais importantes da sociedade, a cunhada do governador Antonio Denarium volta a assumir um cargo importante na Educação do Estado.

Veja a reportagem do Sem Mordaça da TV Band Roraima: