Terça-feira, 28 Maio

A secretária de saúde de Roraima, Cecília Lorenzon, é suspeita de ter conhecimento dos inúmeros contratos realizados entre a Secretaria de Saúde de Roraima e a empresa de seu marido, Wilson Fernando Basso. Uma peça chave, que liga as licitações e a família de Cecília, é um procurar que já foi investigado pelo Ministério Público de Roraima (MPRR) por pertencer a um grupo criminoso que desviou R$ 30 milhões da saúde.

O procurador de várias empresas que possuem contratos com a saúde pública de Roraima, é Valdan Vieira Barros. Ele é procurador da empresa do marido de Cecília Lorenzon, na LOBAX FARMÁCIAS EIRELI, que possui como fantasia de UPMED FARMA, inscrita no CNPJ nº 29.068.382/0001-77.

O passado de Valdan revela que o procurador já foi investigado por integrar um grupo criminoso que atuava na saúde pública com o objetivo de desviar dinheiro. 

Em 2020, o Ministério Público de Roraima (MPRR) denunciou oito pessoas que fazem parte da Cooperativa Brasileira de Serviços Múltiplos de Saúde (Coopebras) por suspeita de organização criminosa, peculato e lavagem de dinheiro. O grupo é suspeito de desviar R$ 30 milhões durante anos de contratos para fornecer serviços médicos.

Na época, foram denunciados o presidente da empresa, Dimião Weber Zabolostky; o gerente, Valdan Vieira Barros e dois funcionários que cumpriram prisão preventiva; o vice-presidente da Coopebras, Edivaldo Pereira Vieira, Esmeralda Menezes Vieira, esposa de Edivaldo e responsável pelas empresas na Bahia; Maria Oélia Paulino, responsável pelo setor financeiro da Coopebras; Edilson Pereira Vieira, responsável pela parte operacional da Coopebras, inclusive as escalas dos médicos.

“Identificou-se que nesse ínterim, o representado Valdan Vieira Barros, sobrinho de Edivaldo e funcionário da COOPEBRAS, era quem possuía procuração com amplos poderes para gerir a empresa em nome de Willyam, e ao que parece, sempre sob o comando de Edivaldo”, consta na denúncia.

No processo, segundo uma fonte anônima, existem vários vídeos de depoimentos, inclusive um da Cecília Lorenzon, falando que visitava o hgr acompanha do Edival e o Valdan.

Em um levantamento realizado pela equipe de reportagem do Portal Alex Braga e Sem Mordaça da TV Band, foi verificado que o contrato do marido da secretária Cecília Lorenzon com a Sesau, todos os ofícios são assinados pelo Valdan, o procurador. 

Empresas 

Investigado por integrar um grupo que desviou cerca de R$ 30 milhões da saúde pública de Roraima, Valdan Vieira Barros, é procurador de várias empresas pelo estado que possuem contratos com a Secretaria de Estado de Saúde, na terceirização de serviços. 

Valdan assina como procurador pelas empresas UPMED FARMA, inscrita no CNPJ nº 29.068.382/0001-77; NEOFIX COMÉRCIO DE PRODUTOS MEDICO E HOSPITALAR LTDA-ME,  inscrita no CNPJ nº 09.519.467/0001-17; ASSIS & MOURAO LTDA (nome fantasia J C IMP E EXP), inscrita no CNPJ nº 18.062.492/0001-05; PRESTAR SERVICE SERVIÇOS LTDA, inscrita sob o CNPJ nº 24.104.071/0001-00; VB CONSULTORIA E GESTÃO EMPRESARIAL LTDA, inscrita sob o CNPJ nº 37.866.709/0001-84.