Sexta-feira, 14 Junho

No segundo mandato como governador, Antônio Denarium, parece não ver a saúde pública como prioridade, mantendo Cecília Lorenzon como secretária pela segunda vez, mesmo diante de inúmeras denúncias e total desaprovação pela sociedade. 

Cecília Lorenzon é a décima secretária que assume a Secretaria de Saúde do Estado de Roraima (Sesau), realizando contratos milionários, inclusive com a própria empresa. 

A gestora da saúde, possui uma tendência em celebrar contratos com dispensa de licitações e de forma emergencial. Um dos maiores problemas enfrentados por mulheres, é a Maternidade Estadual que não é finalizada.

No dia 5 de junho de 2021, a Maternidade Estadual Nossa Senhora Nazaré foi o palco para o início de mais denúncias contra a gestão de Cecília Lorenzon, onde uma central de ar condicionado despencou e ficou pendurada na parede da unidade.

Desde então, as mulheres que precisam de atendimento para si e seus filhos, precisam buscar atendimento na conhecida, maternidade de lona, que a reforma custa mais de R$ 24 milhões.

As denúncias de dentro da maternidade são inúmeras, como rato encontrado nas instalações, bebês recém-nascidos que morrem na unidade ou até mesmo antes de nascer, onde até o início deste ano foram 23.

A falta de infraestrutura na “maternidade de longe” é algo constante de reclamações de pacientes e servidores da área da saúde que atuam no local.

Veja a reportagem completa: