Quinta-feira, 25 Julho

Os deputados da Comissão Especial Externa da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), responsável pelo processo de escolha para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RR), indeferiram os três pedidos de impugnação contra a primeira-dama Simone Denarium. A decisão foi divulgada nesta terça-feira (16).

Simone Denarium que foi indicada por seu marido para concorrer ao cargo de Conselheira do TCE-RR, recebeu três pedidos de impugnação contra sua candidatura, Dentre os argumentos, estão as irregularidades no currículo, possível conduta adequada como agente pública, por ser sócia de empresas enquanto atuava como secretária, entre outros. 

Os deputados da Comissão também deferiram o recurso do candidato Regys Freitas, reitor da Universidade Estadual de Roraima (UERR), que havia sido suspenso por não apresentar as documentações exigidas em edital, sendo alegando ausência de certidão negativa da Justiça Militar, bem como que a certidão apresentada pela junta comercial não atendia o edital.

Comissão 

Na ALE-RR, a Comissão Especial Externa é composta pelos deputados: Soldado Sampaio (Republicanos), Renato Silva (Pros), Isamar Júnior (PSC), Marcos Jorge (Republicanos) e Odilon (Podemos).

Nesta quinta-feira (18), a partir das 14h, a Comissão irá realizar as arguições na Sala de Reuniões da Presidência com os candidatos inscritos, sendo por ordem: deputado Jorge Everton, Regys Freitas, a advogada Maria da Glória de Souza Lima, o deputado Coronel Chagas e a primeira-dama do Estado, Simone Denarium.

Após a sabatina será definido a data em que os nomes serão encaminhados para análise dos 24 deputados estaduais da ALE-RR, o candidato que obtiver o maior número de votos, tomará posse como novo conselheiro do TCE-RR.