Quinta-feira, 25 Julho

Materiais odontológicos em Manicoré devem custar mais de R$ 6,9 milhões para a Prefeitura. O Despacho de Homologação do Pregão Presencial nº 041/2023 foi publicado nessa quinta-feira (04) no diário oficial da Associação Amazonense de Municípios (AAM).

O documento foi assinado pelo prefeito Lúcio Flávio (PSD) no dia 07 de março para “eventual” aquisição de materiais e insumos odontológicos. A licitação nº 41/2023 foi realizada na modalidade “menor preço por item” e quatro empresas com sede em Manaus foram beneficiadas. A somatória dos valores que a Prefeitura deve pagar por esses contratos é de R$ 6.964.338,20.

Empresas

O valor mais alto, de R$ 3,8 milhões, vai ser pago para a JEB Comércio e Serviços de Produtos Médicos e Hospitalares, inscrita no CNPJ sob o nº 26.434.440/0001-40. De acordo com o Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral da Receita Federal, a empresa tem capital social de R$ 800 mil e a atividade econômica principal é o “comércio atacadista de medicamentos e drogas de uso humano”.

A RR Comércio de Produtos Farmacêuticos e Hospitalar LTDA, de CNPJ nº 00.488.689/0001-45, vai receber R$ 1,7 milhão da gestão de Lúcio Flávio. Segundo dados do Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral, a empresa tem capital social de R$ 1,5 milhão e atividade econômica principal é o “comércio atacadista de medicamentos e drogas de uso humano”.

A Prefeitura de Manicoré vai pagar R$ 666,7 mil para Elvis Roberto Matos de Souza, de CNPJ nº 31.597.128/0001-08. A empresa tem capital social de R$ 500 mil. Conforme a Receita Federal, a atividade principal é o “comércio atacadista de medicamentos e drogas de uso humano”.

O menor valor, correspondente a R$ 665,7 mil, será pago para a WN Comércio Odonto-Cirúrgico LTDA, inscrita no CNPJ sob o nº 17.119.265/0001-06. A empresa tem capital social de R$ 3 milhões e atividade econômica principal de “comércio atacadista de medicamentos e drogas de uso humano”.

Veja na integra: