Domingo, 26 Maio

O prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou na manhã desta sexta-feira (19), em coletiva realizada no Centro de Cooperação da Cidade (CCC), o reajuste na passagem de ônibus. A partir de domingo (21), o valor passa de R$ 3,80 para R$ 4,50.

O anúncio foi feito em acordo com o Sindicato dos Rodoviários, que teve seus pedidos atendidos. Vale lembrar que a categoria ameaçou realizar uma paralisação na última quarta-feira (17). Mas, após uma reunião de última hora na noite de terça (16), o transporte coletivo circulou normalmente no dia seguinte.

“Há seis anos que Manaus não experimenta reajuste da tarifa. O reajuste é menos da metade da inflação acumulada durante os últimos seis anos. Para vocês terem uma ideia, o diesel aumentou nesse tempo 122%. A inflação acumulada nesses anos é de 39%, então o reajuste se torna necessário. Mas a prefeitura vai continuar subsidiando em R$ 3,02 cada passagem do transporte coletivo. É um sacrifício grande, mas precisa ser feito”, disse o prefeito David Almeida.

O prefeito explicou que chegou ao acordo com a reposição salarial dos rodoviários. Ou seja, vão repor a inflação. Ou seja, com percentual igual ao da inflação dos últimos 12 meses, ou seja, de 4,65%.

Recuperações de estações e câmeras nos ônibus

O prefeito ressaltou que vão continuar com as reformas de terminais de ônibus na cidade. Além disso, pretende colocar todos os ônibus de Manaus com câmera de seguraça.

“Vamos recuperar 27 estações do expresso, 37 terminais de bairros. estamos fazendo o T7 e recuperando T6. Tivemos a diminuição de 36% dos furtos nos ônibus. O grande diferencial foi o acordo com as empresas pra instalar câmeras. Hoje 60% dos coletivos têm câmera. Até final de junho, 100% dos ônibus vão ter câmeras. Não acaba com a violência, mas inibe”, ressaltou David Almeida.

Fonte: Onda Digital