Quarta-feira, 29 Maio

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e com o apoio do GAECO do Ministério Público de Roraima, deflagrou na manhã deste domingo (14), a Operação ” Handicap, dando cumprimento a 02 (dois) mandados de prisão temporária e 09 (nove) mandados de busca e apreensão na cidade de Boa Vista no estado de Roraima.

As medidas foram determinadas pelo Poder Judiciário do Estado do Amazonas, visando instruir procedimento investigatório instaurado pelo GAECO-MPAM e que tem por objetivo apurar a existência de uma organização criminosa estruturada com o propósito de manipular resultados de jogos do campeonato amazonense de futebol, alavancar ganhos em sites de apostas esportivas, realizar lavagem de capitais e praticar outras condutas criminosas conexas.

São alvos da operação atletas, empresários e integrantes da comissão técnica que atuaram em um clube de futebol que disputou o campeonato amazonense de 2023 e que desde o mês de março deste ano disputavam o campeonato roraimense por uma equipe local. 

A investigação teve início a partir de representação da Federação Amazonense de Futebol e do encaminhamento de documentação por parte do Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas.

Handicap é um tipo de aposta esportiva muito utilizada quando se trata de apostas envolvendo jogos de futebol, sendo o principal estilo utilizado por manipuladores de resultados para aumentar seus ganhos.