Quarta-feira, 24 Julho

O julgamento de uma representação movida pela Procuradoria Regional
Eleitoral contra a deputada eleita Mayara Dias foi remarcado pelo Tribunal
Regional Eleitoral (TRE-AM). A representação trata de uma suposta omissão de
verba da deputada durante a campanha 2022.

O despacho da decisão pode ser consultado na edição do Diário Eletrônico da
Corte eleitoral, publicado na última quarta-feira (26).

De acordo com os documentos oficiais, Mayra Dias teria omitido pelo menos R$
98 mil da sua prestação de contas na campanha eleitoral 2022. O valor segundo
investigações iniciais, teria sido convertido na distribuição de combustível a
eleitores.

“O fato controvertido remonta a suposta omissão de gastos de cerca de
R$ 98.000,00 (noventa e oito mil reais) na prestação de contas da candidata
que, segundo o representante, teriam sido utilizados com combustível
distribuído aos eleitores”, cita peça.

Veja na integra