Quinta-feira, 25 Julho

A secretária Cecília Lorenzon, responsável pela administração da Secretaria de Saúde de Roraima (Sesau), decidiu surpreender a todos mais uma vez. Desta vez, publicou a intenção de contratar serviços de reformas para as unidades por R$ 104 milhões.

O Estudo Técnico Preliminar publicado pela Sesau, mostra que o objetivo da secretária Cecília é reformar as unidades de saúde.


“Para a prestação de serviços comuns de engenharia de forma continuada, por demanda, para execução de reformas de pouca relevância material, serviços de adequação, adaptação, reparação ou revitalização, que consistam de atividades simples, típicas de intervenções isoladas, que possam ser objetivamente definidas conforme especificações usuais no mercado e preços da tabela SINAPI, desonerada, que possuam natureza padronizável e pouco complexa nas instalações prediais das unidades de saúde da rede pública estadual urbana e rural e prédios públicos das áreas de atuação da Secretaria de Estado da Saúde”, consta.

O documento informa ainda, que as empresas interessadas em participar da licitação podem realizar vistoria técnica nas instalações das Unidades onde serão executados os serviços, acompanhado por servidor designado para esse fim, de segunda à sexta-feira, das 08:00 horas às 12:00 horas e das 14:00 às 18:00 horas.


De acordo com os estudos realizados pela equipe de Cecília Lorenzon, foram estimadas as quantidades e valores da contratação.

Só para serviços estão orçados: demolições R$ 5,7 milhões, movimentação de terra R$ 157,6 mil, canteiro de obra R$ 292,3 mil, na infraestrutura da fundação R$ 759,2 mil, armadura R$ 194,2 mil, pilares e lajes R$ 817,4 mil, vedação R$ 425,5 mil, hidráulica R$ 826 mil, louças e metais R$ 405,9 mil, esgoto R$ 154,7 mil, tubulação de aço R$ 333,8 mil, elétrica R$ 6,5 milhões, lógica R$ 107,6 mil, piso R$ 6 milhões, revestimento R$ 5 milhões, esquadrias R$ 2,7 milhões, acabamentos R$ 3,8 milhões, cobertura R$ 3,3 milhões, divisórias R$ 903 mil, aplicação de pintura R$ 9,1 milhões, paisagismo R$ 1,5 milhão, serviços finais R$ 2,7 milhões, veículos R$ 53,2 milhões, manutenção preventiva R$ 6,6 milhões, mão de obra R$ 16,9 milhões, veículos R$ 3,9 milhões.

No total, a equipe da secretária Cecília Lorenzon prevê o gasto de R$ 104 milhões para reformar as unidades de saúde do estado.


Reformas


Conhecida pela população como “maternidade de lona”, a Maternidade Nossa Senhora de Nazareth está passando por reformas há meses, somando mais de R$ 24 milhões aos cofres públicos do Governo de Roraima. As instalações estão improvisadas com lonas e tendas.


A população está cansada da demora intensiva para finalizar a reforma da unidade de saúde que está marcada pela precariedade e mal atendimento, onde uma gestante acabou dando à luz no corredor da unidade enquanto aguardava por horas para ser atendida.

No momento do parto improvisado, o recém-nascido teria escorregado e batido a cabeça no chão da recepção. A história foi registrada por outros pacientes e compartilhada nas redes sociais.