Terça-feira, 28 Maio

A prefeitura do município de Caapiranga quer pagar R$ 1.905.300 (um milhão novecentos e cinco mil e trezentos), para empresa de construção prestar serviço de transporte escolar para a Secretaria municipal de Educação.

O Termo de Contrato foi publicado na edição desta segunda-feira (24), do Diário dos Município do Amazonas. Segundo extrato, a empresa G. P. DA COSTA EIRELLI, CNPJ Nº 36.039.330/0001-38, registrou preço para eventual contratação de empresa especializada nos Serviços de Transporte Escolar de Alunos das Escolas da Rede Municipal de Ensino.

A vigência do contrato é de 10 meses, com valor mensal de R$ 190.530,00 (cento e noventa mil quinhentos e trinta reais), somando R$ 1.905.300 (um milhão novecentos e cinco mil e trezentos reais), quase dois milhões de reais somente para manutenção. O contrato não especifica qual o tipo de transporte será utilizado.

Além do montante financeiro, o que chama atenção é que a atividade principal da empresa que deve fornecer o serviço, fica na zona rural do município de Manacapuru, possui um capital social menor que o valor mensal do contrato e tem como atividade principal, a construção de edifícios, conforme consulta na Receita Federal.