Quarta-feira, 29 Maio

A Prefeitura de Manaus amplia a oferta da vacina bivalente contra a Covid-19, a partir deste sábado, 29/4, como dose de reforço para todas as pessoas a partir de 18 anos de idade, conforme recomendação do Ministério da Saúde. Para receber a bivalente, os usuários devem ter o esquema vacinal primário completo (duas doses) e ter recebido a última dose (segunda dose ou alguma dose de reforço) há, pelo menos, quatro meses.

A titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Shádia Fraxe, informa que a bivalente estará disponível, neste sábado, das 8h às 12h, em nove salas de vacina e, ao longo da semana, em 75 locais, cujos endereços e horários de funcionamento estão listados no site semsa.manaus.am.gov.br e também no link bit.ly/localvacinacovid19. Para ser atendido, é preciso apresentar documento de identidade com foto, CPF ou Cartão Nacional de Saúde (CNS) e cartão de vacina.

“O público em geral vinha sendo imunizado com a vacina monovalente, que é capaz de gerar anticorpos contra a cepa original do coronavírus. Porém, tendo em vista que o vírus sofreu mutações, foi desenvolvida a vacina bivalente, com tecnologia eficaz contra a cepa original e a variante Ômicron, protegendo as pessoas imunizadas contra as formas graves da doença”, explica a secretária.

Shádia reforça que as pessoas que ainda não tomaram nenhuma dose, ou ainda não completaram o esquema vacinal primário com a segunda dose, devem receber a vacina monovalente. As crianças e adolescentes de até 17 anos também continuam sendo vacinados com a monovalente.

“Para facilitar e incentivar a adesão do público, a Semsa mantém nove unidades com salas de vacina abertas até as 20h e também aos sábados, das 8h às 12h, horários estratégicos para atender o público que não possui tempo de buscar a unidade em horário comercial”, observa Shádia.

Campanha

A Campanha de Vacinação contra a Covid-19, executada pela Prefeitura de Manaus, passou a disponibilizar a vacina bivalente nos postos a partir do dia 15 de fevereiro deste ano, para sete grupos prioritários, e com a inclusão de mais três grupos, posteriormente.

De acordo com o Vacinômetro municipal (vacinometro.manaus.am.gov.br), mais de 70 mil doses da bivalente foram aplicadas em Manaus até esta sexta-feira, 28/4.

Com exceção dos idosos, o público inserido nos demais grupos prioritários podem receber a bivalente a partir dos 12 anos de idade, com o mesmo intervalo de quatro meses a partir do recebimento da segunda dose ou de alguma dose de reforço.

Os grupos prioritários incluem imunossuprimidos, indígenas aldeados, ribeirinhos, quilombolas, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores da saúde, gestantes e puérperas, e pessoas vivendo ou trabalhando em instituições de longa permanência.