Quarta-feira, 24 Julho

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus). Cumpriu, nesta terça-feira (21/03), mandado de prisão preventiva em nome de um homem, de 55 anos. Identificado como Edilson Fontenele Cardoso, por roubo majorado praticado em Macapá, no estado do Amapá no ano 2000. Deste então, o homem era procurado pela Justiça.

De acordo com o delegado Rafael Alemand, titular da unidade policial, o indivíduo foi preso nas imediações do bairro Centro, naquele município. Ele ressaltou que o homem era procurado há mais de 20 anos pela polícia do Amapá. Pela autoria da prática criminosa, que, na época, causou às vítimas um prejuízo de R$ 300 mil

“A Polícia Civil do Amapá tomou conhecimento de que o indivíduo estaria residindo em Manacapuru e, de imediato, nos informou e nos encaminhou a ordem judicial, para o devido cumprimento. Então, iniciamos as diligências e logramos êxito na prisão do infrator”, explicou.

Empresário de confiança de Beto D’Ângelo é preso

Decisão judicial

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 3ª Vara Criminal e de Auditoria Militar de Macapá, no dia 15 de agosto de 2018.

Procedimentos

Ele responderá por roubo majorado e ficará à disposição da Justiça de Macapá, para um eventual recambiamento.

Vida em Manacapuru

Conhecido pelo apelido de Goiano, Edilson levava uma vida tranquila na cidade, onde se apresentava com empresário do ramo agropecuário. Chegando a fazer amizades com pessoas importantes do município, como o empresário e Deputado Cristiano D’Angelo. Que compareceu na delegacia de Manacapuru, na tarde desta terça-feira (21), para ter detalhes sobre a prisão.

Além de Cristiano, Goiano era próximo a família do próprio Prefeito Beto D’Angelo, inclusive tinha convivência frequente nas propriedades do prefeito. Sempre muito divertido, era comum a sua presença nas reuniões comemorativas da família.