Terça-feira, 28 Maio

Foram várias tentativas, pedidos, reclamações, discursos na Tribuna da Câmara Municipal de Manaus, mas a única assinatura que faltava não foi conquistada durante meses, para a instauração da Comissão Especial Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a empresa Águas de Manaus.

Em uma reviravolta surpreendente, nesta quarta-feira (15), os vereadores anunciaram que protocolaram uma nova CPI para investigar a mesma coisa: Águas de Manaus

Nos bastidores políticos, corre que o relacionamento dos vereadores e do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) está bem estremecido, desde a época da eleição da nova Mesa Diretora.

A possível tentativa de reeleição de David Reis, do mesmo partido do prefeito, não deu muito certo, não conquistou o apoio dos parlamentares. O que aconteceu foi o contrário, gerou divisão, e a criação do grupo dos 21. São 42 vereadores da Casa.

O novo grupo, declarou “independência”, escolhendo o seu próprio candidato para a presidência: Caio André. Eleito pela maioria. Uma nova Mesa Diretora foi instaurada.

E as retaliações? Uma fonte revelou que o casamento está à beira da separação. Brigas e desavenças do relacionamento são representadas por acordos e apoios importantes que foram desfeitos dos dois lados.

A nova CPI, conquistou não apenas o mínimo necessário para ser protocolada, mas cerca de 21 assinaturas. Será que é coincidência?