Quarta-feira, 24 Julho

O Núcleo de Investigação do Portal Alex Braga traz uma nova denúncia grave envolvendo o prefeito e a primeira-dama de Itamarati. Nossa equipe teve acesso exclusivo a imagens e documentos que mostram que a pré-candidata à prefeitura de Eirunepé, Professora Áurea (MDB), está construindo uma casa milionária em uma área nobre de Manaus em pleno período de pré-campanha.

Segundo apuração feita por nossa equipe, Áurea comprou um lote avaliado em R$ 600 mil no luxuoso Condomínio Residencial Marina Rio Belo, localizado no bairro Tarumã, na zona oeste de Manaus. É o que o mostra a placa descritiva da obra.

Foto: Placa da obra de construção da casa de Áurea

O núcleo investigativo do portal do Alex Braga realizou cotação com corretores de imóveis que informaram que as casas do condomínio em questão não têm um padrão, mas estão avaliadas em torno de R$ 5 milhões.

Esse valor astronômico gerou questionamentos a respeito do orçamento e patrimônio de professora Áurea e de seu esposo, o Prefeito João Campelo (MDB).

Áurea foi representante do governo de Itamarati, em Manaus, entre os anos de 2021 e 2024, com salário bruto de R$ 3,5 mil. Na maior parte de sua vida, a pré-candidata foi professora com receita quase que igual a dos tempos de representante.

Desta forma, como Áurea conseguiu adquirir um terreno com valor tão alto e ainda construir uma casa avaliada em R$ 5 milhões?

Nossa equipe fez questionamentos ao seu esposo João Campelo, que afirmou em ligação já ser rico antes de ser prefeito e que eles teriam plenas condições de adquirir o imóvel.

Leia mais: EXCLUSIVO: parente afirma que prefeito de Itamarati desvia recurso federal para pré-campanha da esposa

A casa ainda está em construção. Mas pelas fotos obtidas com exclusividade pelo portal do Alex Braga, é possível ver que o imóvel será de grandes proporções com toques refinados dignos de realeza.

Fotos: Localização e esqueleto da casa de Áurea

Os passos de Áurea na política

Áurea, que é primeira-dama de Itamarati, está concorrendo como pré-candidata à prefeitura de Eirunepé, no pleito municipal de 2024.

Durante esse período, a professora passou por uma batalha judicial que deferiu sua solicitação de domicílio eleitoral para o município que pretende governar. Ocorre que, durante o processo, Áurea apresentou um contrato falso para justificar sua residência em Eirunepé, e nele estava anexado que na verdade ela reside em uma casa localizada no bairro Parque 10 de Novembro, na zona centro-sul de Manaus, o que foi confirmado por moradores locais.

Leia mais: Primeira-dama de Itamarati usa contrato falso para enganar justiça e ser candidata em Eirunepé

Além de não residir em Eirunepé, como afirma, Áurea ainda está desembolsando uma fortuna questionável para ter uma mansão na capital. Capital essa que fica bem longe de Eirunepé.

Jornalista político-investigativo com meia década de carreira.