Quarta-feira, 24 Julho

O Tribunal Regional de Amazonas (TRE-AM) negou o pedido do pré-candidato à Prefeitura de Manaus, Amom Mandel (Cidadania), para retirar vídeo publicado nas redes sociais do também pré-candidato Marcelo Ramos (PT).

Na publicação, Marcelo Ramos crítica o discurso político usado por Amom Mandel, o comparando com o prefeito David Almeida e o governador Wilson Lima.

Conforme a Justiça Eleitoral, os comentários feitos na publicação não configuram em crime eleitoral, e a fala apenas se trata de “crítica de natureza política ocorrida dentro de um ano eleitoral, em postagem de rede social e que não ultrapassou o limite razoável do jogo político.”, após isso, negou a medida liminar.

Em resposta a ação perante à Justiça de Mandel, o pré-candidato do PT disse que Amom, apenas confirma que replica as ações já tomadas por outras autoridades no Amazonas.

“É lamentável que alguém tão novo já tenha adotado as práticas da política atrasada e tenta usar a Justiça para calar seus adversários. No afã de me calar, o pré-candidato Amon só conseguiu confirmar que adota as mesmas práticas de David Almeida e Wilson Lima”, criticou Marcelo Ramos, ao tomar conhecimento do despacho.

Veja a Representação: