Quarta-feira, 24 Julho

A denúncia do Portal Alex Braga que revelou nesta quarta-feira (10) as condições degradantes semelhantes aos tempos de escravidão no Brasil implementadas por Roberto Cidade na Aleam, é apenas a ponta de um iceberg que mira em Manaus e tenta afundar a cidade igual à pedra de gelo que naufragou o Titanic.

Só que no barco que o deputado estadual sonha comandar estão todos os manauaras. Os servidores da Eletrofios Empreendimentos Empresariais LTDA que comem no chão e guardam alimento ao lado do vaso sanitário do banheiro, são um triste exemplo da inoperância do presidente da Casa, que samba na cara de quem todo dia sua a camisa para deixá-lo no conforto do ar condicionado do gabinete parlamentar.

E se não é capaz de organizar o próprio quadrado, o que seria de Manaus se o “iceberg Cidade” invadisse o gabinete da prefeitura e se apossasse da chave do município?

Roberto Cidade quer levar para a Prefeitura de Manaus o modelo de má gestão que implementou no Parlamento e que produz cenas como essa.

Uma vergonha.